Generic selectors
Exact matches only
Search in title
Search in content
Search in posts
Search in pages

Mais resultados...

Android

Telecine Play e Linux, em plena (in)sintonia

Não apenas com a chegada da crise, mas com intuito de cortar gastos desnecessários, resolvi cancelar a TV por assinatura, tenho TV, internet e telefone. Porém como sempre existe aquele último suspiro de oferecer planos mais baratos, optei por acrescentar os canais do Telecine com um simples intuito, poder assistir Leia mais…

Por Tales, atrás
Reclamação

Caixa, o melhor suporte para Linux

Criei uma conta no banco da Caixa e fui acessá-la através do site Internet Banking, usando o Firefox, pois o Chome, segundo uma ligação anterior feita ao “suporte” está com problemas. Fiz a configuração adequada com o Java 8. Meu amigo, Bruno, testou sua conta em meu Firefox e tudo Leia mais…

Por Tales, atrás
Diversos

Obrigado GVT, por me proporcionar desafios

É com muita “honra” que gostaria de agradecer a GVT, uma empresa tão séria, com profissionais super qualificados e com um enorme prazer em solucionar problemas de seus clientes. Acredito que só podemos evoluir com desafios. Há pessoas que vivem uma vida sem passar por dificuldades ou desafios e com Leia mais…

Por Tales, atrás
Diversos

Faculdades não podem cobrar pelo histórico e diploma

Para os desavisados universitários, fiquem atentos e de olho em sua IES (Instituição de Ensino Superior).

Muitas Faculdades cobram pela emissão, indevida, do diploma e histórico do aluno, o que é proibido por lei e está no código de defesa do consumidor.

Comecei a procurar os meus direitos, após pedir a minha transferência de IES e saber que a antiga IES, Faculdade Metodista Granbery, a qual eu estava, cobra preços abusivos para a transferência do aluno, assim como pelo diploma. Como por exemplo, a instituição me cobrou 28 reais pelo histórico, 15 reais por cada disciplina cursada – é um abuso, tem instituição que cobra 1 real, outras que cobram 20 reais, independente da quantidade de matérias–, 15 reais pela declaração de matrícula e 150 reais pelo diploma. É incrível, você não pode confiar nem nas IES de hoje em dia, que não estão nem aí para o aluno e só pensam em lucrar, de qualquer forma, seja infringindo ou não, a lei.

1) A IES pode cobrar pela emissão do diploma?

Conforme o artigo 32, § 4º da Portaria Normativa Nº 40, de 12 de dezembro de 2007, não:

“§ 4º A expedição do diploma considera-se incluída nos serviços educacionais prestados pela instituição, não ensejando a cobrança de qualquer valor, ressalvada a hipótese de apresentação decorativa, com a utilização de papel ou tratamento gráfico especiais, por opção do aluno. “

Para os que estão formando, caso a sua IES esteja cobrando por algum desses documentos, corra atrás dos seus direitos.

2) A IES pode cobrar pelo histórico escolar?

O contrato de prestação de serviços educacionais é regido pela Lei no 8.078/90 - Código de Defesa do Consumidor -, firmado entre o aluno e a instituição de ensino, quando do ato da matrícula e por ocasião de sua renovação, em cada período letivo, o prestador dos serviços (instituição) só pode cobrar do consumidor (aluno) a importância ou taxa que esteja explicitamente contemplada no contrato. As taxas de emissão do histórico escolar e do certificado de conclusão de curso, bem como, da expedição e registro de diplomas estão incluídos nas mensalidades pagas pelos serviços educacionais prestados pela instituição, conforme a interpretação dos artigos 22, XXIV e 24, IX, da Constituição Federal, combinados com os artigos 48, § 1o e 53, VI, da Lei 9394/96 – LDB em face dos artigos 2o e 3o, da Lei 8078/90 – Código de Defesa do Consumidor. 

Mais informações:

Cobrança indevida de diploma, portão do MECSecretaria de Direito Econômico Departamento de Proteção e Defesa do Consumidor Esplanada dos Ministérios, Bloco T - Edifício Sede - Sala 520 Cep: 70064-900   Brasília - DF Fone: (61) 3429-3942 Fax: (61) 3322-1677 E-mail: [email protected] 0800 616161Para os desavisados universitários, fiquem atentos e de olho em sua IES(Instituição de Ensino Superior).Muitas Faculdades cobram pela emissão, indevida, do diploma e histórico do aluno, o que é proibido por lei e está no código de defesa do consumidor.Comecei a procurar os meus direitos, após pedir a minha transferência de IES e saber que a antiga IES Faculdade Metodista Granbery, o qual estava, cobra preços abusivos para a transferência do aluno, assim como pelo diploma. Como por exemplo, a instituição cobra 28 reais pelo histórico, 15 reais por cada disciplina cursada(é um abuso, tem instituição que cobra 1 real, outras que cobram 20 reais, independente da quantidade de matérias), 15 reais pela declaração de matrícula e 150 reais pelo diploma. É incrível, você não pode confiar nem nas IES de hoje em dia, que não estão nem aí para o aluno e só pensam em lucrar, de qualquer forma, seja infringindo ou não, a lei. (mais…)

Por Tales, atrás