Omeprazol, o preço que sua saúde paga ao utilizar esse remédio


Primeiro, digo que não sou o dono da verdade e este texto tem o objetivo de esclarecer e informar ao leitor sobre a real função do Omeprazol. Bem como informar o funcionamento do sistema digestivo e como tal medicamento interage para a desorganização do estômago, o que repercute em todo o corpo.

O objetivo deste texto é ser esclarecedor. Tentarei expor poucos termos técnicos, mas se tiverem alguma dificuldade, escrevam nos comentários, pois a sua dúvida pode ser a de outros.


O que são os *prazois (Omeprazol, pantoprazol e outros)?

São medicamentos inibidores da bomba de prótons. Descrevendo em uma linguagem simples, esse medicamento deixa o estômago alcalino (sem acidez). De acordo com a bula do omeprazol, esse medicamento é utilizado para tratar úlceras gástricas e esofágicas.

Médicos estudiosos, o que tem a dizer sobre esses medicamentos?

Segundo o Dr. Kater, casos em que pacientes chegam com úlcera estomacal, sangrando, recomenda o uso do omeprazol de imediato, por no máximo 60 dias, não mais do que isso, pois esse medicamento irá atrapalhar por completo o funcionamento do sistema digestório, não permitindo a digestão adequada dos alimentos. Já o Dr. Lair Ribeiro, em algumas entrevistas, diz que a maioria dos médicos utilizam esse medicamento de forma errada e não o recomenda.


Funcionamento do sistema digestivo

Tentarei explicar de forma sucinta como funciona o sistema digestivo e como esses medicamentos agem em nosso organismo. Antes gostaria de enfatizar que nunca tomei esse tipo de medicamento e hoje, depois de estudar e conhecer um pouco sobre o assunto, se um médico me receitasse, eu o processaria, pois colocaria a minha saúde em risco.

Muitos já devem ter ouvido que a digestão começa pela boca. Pois bem, quando começamos a mastigar um alimento, o nosso estômago já começa a produzir ácido clorídrico (HCL) para receber o alimento que chegará ao estômago. Esse ácido será o responsável por dar continuidade à digestão dos alimentos.

Depois de mastigar bastante os alimentos, engolimos. Ao engolir, o alimento passa para o esôfago e em seguida uma válvula, chamada esfincter – que separa o esôfago do estômago –, se abre e o alimento cai no estômago, em seguida a válvula é fechada, dando continuidade a digestão.

No estômago se da início a segunda parte da digestão, o ácido clorídrico será transformado em pepsinogêneo (enzima “inativa”) e em seguida em pepsina (enzima digestiva “ativada”), para que as proteínas e as vitaminas dos nutrientes, possam ser digeridos.

Terminada a digestão, outra válvula, chamada piloro, que separa o estômago do intestino se abre para que o quimo (líquido pastoso formado pelo alimento no estômago, mais uma composição de enzimas e suco gástrico) passe para o intestino para que se dê a absorção dos nutrientes.

Essa explicação é simplificada, para que qualquer um consiga compreender de maneira simples.

Observações importantes:

  • As válvulas, tanto a esfincter como a piloro possuem PH dependente, ou seja, elas só se fecham ou abrem de acordo com o grau de PH, ou seja, mais ácido ou menos ácido;
  • O PH ideal de um estômago saudável é entre 1,5 a 2;
  • A escala do PH é logarítmica, quer dizer, um PH 2 é 10 vezes mais ácido que um PH 3;
  • Caso o estômago não produza ácido clorídrico (HCL) suficiente, não será produzida pepsina suficiente, e a digestão não se dará de maneira satisfatória.


Os efeitos do Omeprazol no organismo

Quando você está com azia, refluxo, gastrite, esofagite, você não está com o estômago muito ácido, mas isso é o que os médicos medíocres dizem, te receitando Omeprazol, para que você “se cure”, porém informam que deverá tomar o medicamento pelo resto da vida, em muitos casos.

Como foi explicado acima, as válvulas são PH dependentes, então, caso o PH do estômago não esteja adequado, a válvula esfincter não irá se fechar por completo, assim como a válvula piloro não irá se abrir por completo.

O PH do esôfago saudável é em torno de 6,5, e geralmente quando há refluxo, queimando, machucando o esôfago, o PH do estômago está entre 4 e 5, ou seja, é muito mais ácido que o esôfago e muito menos ácido que deveria ser o estômago.

Quando você ingere um medicamento de Omeprazol, ele deixa o PH do seu estômago entre 7 e 8, ou seja, deixa o seu estômago sem acidez. Dessa forma você não irá produzir HCL que por sua vez não terá pepsinogênio e por sua vez não será convertido em pepsina, isso quer dizer que você não terá enzimas para digerir os alimentos.

Sendo assim, não importa o quanto de vitaminas que você ingere, nunca será o bastante, pois não será digerida corretamente, sendo eliminada.

O médico que trata você com Omeprazol, não está querendo a sua cura ou muito menos tratando a causa do problema, está apenas tratando os sintomas. Então, quando você toma um medicamento desse, o refluxo não irá parar, na verdade terá muito mais, porém agora o suco gástrico do estômago não machucará a parede do esôfago, pois estará alcalino e não ácido.

Muitos efeitos colaterais ocorrerão e é muito provável que outros medicamentos se façam necessários para tratar outros sintomas que irão surgir.

Suas fezes ficarão mais fétidas devido a não digerir proteínas corretamente, você perderá massa magra e ganhará mais gordura, também terá muita flatulência, estará mais propenso(a) a viroses e bactérias nocivas, dentre outros fatores.

Segundo a JAMA (Journal of the American Medical Association), uma das cinco maiores revistas médicas do mundo, o uso prolongado de omeprazol pode causar demência.


Minha opinião

Sendo bem honesto, cheguei a uma conclusão sobre o assunto que divido em duas partes:

  • Médico inocente e desinformado: O médico que receita *prazol não sabe como o sistema digestivo funciona e o receita porque a indústria farmacêutica disse que é bom e vai ajudar o paciente dele, mas o médico sequer procurou entender como o medicamento funciona;
    Médico antiético: Esse sabe como o sistema digestivo funciona, sabe como o medicamento funciona e mesmo assim o receita, pois ele sabe que terá mais um paciente eterno em sua folha de pagamento, sabe que o paciente nunca irá se curar e sempre estará se tratando com ele e contribuindo para seu enriquecimento.
  • Omeprazol está na lista dos medicamentos mais vendidos do mundo, segundo a JAMA. Levando em consideração que ele, em primeiro momento acaba com os sintomas, mas não trata a causa do problema, pode-se definir que existe uma máfia muito grande da industria farmacêutica para que esse medicamento seja vendido. Pois assim irá assegurar que todos da área médica lucrem, tando a industria farmacêutica, como os médicos que terão os pacientes para sempre, inclusive apresentando novos problemas para serem tratados.

Não adianta nada tratar a causa do problema e continuar com hábitos alimentares ruins, pois por mais que o paciente deixe de apresentar incômodos, os sintomas irão retornar. Porém é raro encontrar um médico ético, honesto, e que fale para o paciente mudar seus hábitos alimentares, pois assim terá um paciente saudável, ou melhor, o paciente muitas vezes será curado e não irá mais precisar do médico, deixando de gerar lucro.


Tratamento natural

Caso esteja interessado em se curar utilizando um tratamento 100% natural, sem ter que tomar nenhum tipo de remédio, clique aqui.


Fontes:

– https://www.youtube.com/watch?v=PF2Nnw5w02U
– https://youtu.be/ta1Wu2MGa7I
-http://www.eldiariomontanes.es/20131212/local/cantabria-general/consumo-omeprazol-durante-anos-201312121013.html?fb_action_ids=684794898231278&fb_action_types=og.recommends
– http://www.locus.ufv.br/handle/123456789/5064

  • Pingback: Esofagite grau 2, refluxo, azia e a cura através do limão - Tales A. Mendonça()

  • Fabio

    Oi, a 1 ano me trato de gastrite erosiva leve de antro que hj está em gastrite moderada mais devidas as altas doses de todos rémedio para gastrite e 1 ano usando comecei ter muito refluxo arroto em exesso e nada melhor e também edema na laringe devido refluxo e dificuldade de engolir fiz teste do bicarbonato e não arrotei cheguei à conclusão que devo estar com baixo ácido no estômago devido tanto rémedio comprei cloridrato de Betânia e limão em jejum isso irá me ajudar. Obrigado

    • Olá Fábio, não recomendo você entrar com betaina agora, vai piorar sua situação. . Foi algum médico que te recomendou ou viu na internet?
      Você precisa se proteger antes, senão vai se queimar literalmente por dentro!! Betaina é a última coisa.

      • Fabio

        Como faço para me proteger antes, meu refluxo muito forte, muito gases já cheguei arrotar mais de 100 vezes ao dia e demais até para andar é difícil já vem o arroto, 1 dia que tomei cloridrato de Betaina senti uma grande diferença que nem um remédio fez, mais estou à disposição para ver e faEr melhor forma para me tratar pois não aguento mais. Obrigado

  • EI

    Thales, boa tarde! Encontrei seu blog pesquisando sobre refluxo… Há tres semanas comecei com arrotos muito frequentes (unico sintoma) e fui no medico. Tomei durante uma semana domperidona e depois associei a ela pantoprazol… Quando iniciei o tratamento com domperidona a frequencia de arrotos, de fato, diminuiu e quando a acrescentei o prazol diminuiu um pouco mais…. mas continuo com os arrotos… O que tem aparecido depois do inicio do prazol foi a sensação de alimento preso na garganta depois da alimentação… como se voltasse um pouco porque aparece alguns minutos depois de terminada, que se prolonga por algumas horas… Você acha que isso poderia ser um efeito colateral do prazol? O é um sintoma natural de refluxo?

    • Olá!

      Respondendo suas perguntas:

      1) Primeiro, por qual motivo foi te passado esses remédios? Não vejo sentido nenhum usar nenhum dos medicamentos. qualquer prazol não serve para nada, só para piorar as coisas, quem diz o contrário é porque não sabe como ele funciona.

      **Deixo uma observação, pode fazer um exame de sangue que você está com deficiência de vitamina B12, toda bomba de prótons provoca isso.

      Sobre essa sensação de um bolo/gosma na garganta, acontece pois seu estômago está alcalina e a comida volta. Esses remédios só servem para tampar um buraco sem tratar. Já te adianto, se continuar com esses medicamentos sua saúde só tende a piorar.

      Chega para o seu médico e pergunta para ele exatamente como funciona esses medicamentos, duvido muito que ele saberá te responder, se souber vai ficar espantada, pois ele não está te tratando, mas sim tratando de manter você sobe controle dele com medicamentos.

      “Gostaria de comentar também que os arrotos são mais frequentes quando saio da posição de repouso para atividade e depois da alimentação (antes da medicação, parecia que não tinham relação com a alimentação…)”
      A explicação se dá pois, o seu estômago já não está ácido suficiente para digerir os alimentos, então você vai ter uma sensação de peso no estômago e irá demorar horas e horas para fazer a digestão, sendo que provável que não fará digestão de tudo. O seu corpo vai dar prioridade para outras coisas e não da digestão, só se você tiver em repouso absoluto.

      Para você ter ideia, eu almoço quase 1kg de comida e parece que nem comi nada, não fico cheio nem com estômago pesado. Estou comendo assim pois é uma dieta diferente que a nutricionista passou, como de 2 em 2h.

      2) Já respondi… O limite máximo será destruí cada vez mais o seu organismo. Ataca o fígado, mexe com sua flora intestinal, remove o ácido clorídrico. Nem se me pagasse muito dinheiro eu usaria esse veneno.

      3) Não é aconselhável, mesmo porque se o seu médico for sensato, mas já vi que não é, apenas pelo que te receitou, domperidona não é recomendado tomar mais que uma semana. Novamente, isso não resolve o problema, é tudo paliativo. Para você ter ideia, sabe qual medicamento que eu tomo? NENHUM. Isso é normal. Quando você se cura de algo, não precisa mais de medicamento, senão isso não é uma cura, não concorda comigo? Uma semana depois que parar com os medicamentos pode dar início ao tratamento com o limão. É recomendável ter uma alimentação mais leve, se possível sem carnes e outras porcarias, pois dificultam a digestão.

      4) Pode sim, sem problemas.

      5) É bom tomar separado, dê um intervalo de ao menos 30 min de um para o outro.

      6) Você pode comprar o gel de aloe vera, dê uma olhada, vendem 1 litro.

      Abraço!

      • EI

        Tales, muito obrigada pela sua pronta resposta!
        E o motivo pelo qual me passaram a medicação foi porque estava com arrotos muito, muito frequentes… Diminuiram, mas não resolveu…

        • Joana Darc Rosa de Lima

          estou com arroto azia queimaçao ,passei a usar cha de nozmoscada ta sendo bom.

  • vertigini

    Sei realmente o que é um profissional desonesto. Em 1999 me operei com um urologista na Prontolinda, médico de um popular time de futebol em Recife. Ele me afirmou que a cirurgia seria simples. Ledo engano: descobri uma série de complicações possíveis e como ele era grosseiro, acabei ficando com algumas. O indíviduo simplesmente ocultou risco cirúrgico de um procedimento que- para mim era desnecessário- apenas pra não perder o cliente. Ética na sola dos pés.

    • O pior que isso não é raro, é o comum. Raro é encontrar profissionais honestos.

  • E AGORA.

    todos os meus posts estão sendo excluídos.

    • Posts?
      Ninguém pode publicar nada no meu site a não ser eu, as pessoas podem apenas comentar e eu nunca exclui um comentário, a não ser que seja de xingamento ou propaganda com o que não tem nada haver!

  • Hasen Salloum

    Boa Noite Tales ! Estou na seguinte situação , a mais de 15 anos faço uso do nexium 40 por causa de uma hernia de hiato e hoje em dia as complicações aumentaram .
    Fui em uma nova Médica e a minha surpresa que ela me deu um omeprazol de 60 mg . Gostei da maneira uqe vc explicou tudo e quero sair dessa situação como posso proceder ??
    Att Hasen Salloim