Generic selectors
Exact matches only
Search in title
Search in content
Search in posts
Search in pages

Mais resultados...

Primeiro, digo que não sou o dono da verdade e este texto tem o objetivo de esclarecer e informar ao leitor sobre a real função do Omeprazol. Bem como informar o funcionamento do sistema digestivo e como tal medicamento interage para a desorganização do estômago, o que repercute em todo o corpo.

O objetivo deste texto é ser esclarecedor. Tentarei expor poucos termos técnicos, mas se tiverem alguma dificuldade, escrevam nos comentários, pois a sua dúvida pode ser a de outros.


O que são os *prazois (Omeprazol, pantoprazol e outros)?

São medicamentos inibidores da bomba de prótons. Descrevendo em uma linguagem simples, esse medicamento deixa o estômago alcalino (sem acidez). De acordo com a bula do omeprazol, esse medicamento é utilizado para tratar úlceras gástricas e esofágicas.

Médicos estudiosos, o que tem a dizer sobre esses medicamentos?

Segundo o Dr. Kater, casos em que pacientes chegam com úlcera estomacal, sangrando, recomenda o uso do omeprazol de imediato, por no máximo 60 dias, não mais do que isso, pois esse medicamento irá atrapalhar por completo o funcionamento do sistema digestório, não permitindo a digestão adequada dos alimentos. Já o Dr. Lair Ribeiro, em algumas entrevistas, diz que a maioria dos médicos utilizam esse medicamento de forma errada e não o recomenda.


Funcionamento do sistema digestivo

Tentarei explicar de forma sucinta como funciona o sistema digestivo e como esses medicamentos agem em nosso organismo. Antes gostaria de enfatizar que nunca tomei esse tipo de medicamento e hoje, depois de estudar e conhecer um pouco sobre o assunto, se um médico me receitasse, eu o processaria, pois colocaria a minha saúde em risco.

Muitos já devem ter ouvido que a digestão começa pela boca. Pois bem, quando começamos a mastigar um alimento, o nosso estômago já começa a produzir ácido clorídrico (HCL) para receber o alimento que chegará ao estômago. Esse ácido será o responsável por dar continuidade à digestão dos alimentos.

Depois de mastigar bastante os alimentos, engolimos. Ao engolir, o alimento passa para o esôfago e em seguida uma válvula, chamada esfincter – que separa o esôfago do estômago –, se abre e o alimento cai no estômago, em seguida a válvula é fechada, dando continuidade a digestão.

No estômago se da início a segunda parte da digestão, o ácido clorídrico será transformado em pepsinogêneo (enzima “inativa”) e em seguida em pepsina (enzima digestiva “ativada”), para que as proteínas e as vitaminas dos nutrientes, possam ser digeridos.

Terminada a digestão, outra válvula, chamada piloro, que separa o estômago do intestino se abre para que o quimo (líquido pastoso formado pelo alimento no estômago, mais uma composição de enzimas e suco gástrico) passe para o intestino para que se dê a absorção dos nutrientes.

Essa explicação é simplificada, para que qualquer um consiga compreender de maneira simples.

Observações importantes:

  • As válvulas, tanto a esfincter como a piloro possuem PH dependente, ou seja, elas só se fecham ou abrem de acordo com o grau de PH, ou seja, mais ácido ou menos ácido;
  • O PH ideal de um estômago saudável é entre 1,5 a 2;
  • A escala do PH é logarítmica, quer dizer, um PH 2 é 10 vezes mais ácido que um PH 3;
  • Caso o estômago não produza ácido clorídrico (HCL) suficiente, não será produzida pepsina suficiente, e a digestão não se dará de maneira satisfatória.


Os efeitos do Omeprazol no organismo

Quando você está com azia, refluxo, gastrite, esofagite, você não está com o estômago muito ácido, mas isso é o que os médicos medíocres dizem, te receitando Omeprazol, para que você “se cure”, porém informam que deverá tomar o medicamento pelo resto da vida, em muitos casos.

Como foi explicado acima, as válvulas são PH dependentes, então, caso o PH do estômago não esteja adequado, a válvula esfincter não irá se fechar por completo, assim como a válvula piloro não irá se abrir por completo.

O PH do esôfago saudável é em torno de 6,5, e geralmente quando há refluxo, queimando, machucando o esôfago, o PH do estômago está entre 4 e 5, ou seja, é muito mais ácido que o esôfago e muito menos ácido que deveria ser o estômago.

Quando você ingere um medicamento de Omeprazol, ele deixa o PH do seu estômago entre 7 e 8, ou seja, deixa o seu estômago sem acidez. Dessa forma você não irá produzir HCL que por sua vez não terá pepsinogênio e por sua vez não será convertido em pepsina, isso quer dizer que você não terá enzimas para digerir os alimentos.

Sendo assim, não importa o quanto de vitaminas que você ingere, nunca será o bastante, pois não será digerida corretamente, sendo eliminada.

O médico que trata você com Omeprazol, não está querendo a sua cura ou muito menos tratando a causa do problema, está apenas tratando os sintomas. Então, quando você toma um medicamento desse, o refluxo não irá parar, na verdade terá muito mais, porém agora o suco gástrico do estômago não machucará a parede do esôfago, pois estará alcalino e não ácido.

Muitos efeitos colaterais ocorrerão e é muito provável que outros medicamentos se façam necessários para tratar outros sintomas que irão surgir.

Suas fezes ficarão mais fétidas devido a não digerir proteínas corretamente, você perderá massa magra e ganhará mais gordura, também terá muita flatulência, estará mais propenso(a) a viroses e bactérias nocivas, dentre outros fatores.

Segundo a JAMA (Journal of the American Medical Association), uma das cinco maiores revistas médicas do mundo, o uso prolongado de omeprazol pode causar demência.


Minha opinião

Sendo bem honesto, cheguei a uma conclusão sobre o assunto que divido em duas partes:

  • Médico inocente e desinformado: O médico que receita *prazol não sabe como o sistema digestivo funciona e o receita porque a indústria farmacêutica disse que é bom e vai ajudar o paciente dele, mas o médico sequer procurou entender como o medicamento funciona;
    Médico antiético: Esse sabe como o sistema digestivo funciona, sabe como o medicamento funciona e mesmo assim o receita, pois ele sabe que terá mais um paciente eterno em sua folha de pagamento, sabe que o paciente nunca irá se curar e sempre estará se tratando com ele e contribuindo para seu enriquecimento.
  • Omeprazol está na lista dos medicamentos mais vendidos do mundo, segundo a JAMA. Levando em consideração que ele, em primeiro momento acaba com os sintomas, mas não trata a causa do problema, pode-se definir que existe uma máfia muito grande da industria farmacêutica para que esse medicamento seja vendido. Pois assim irá assegurar que todos da área médica lucrem, tando a industria farmacêutica, como os médicos que terão os pacientes para sempre, inclusive apresentando novos problemas para serem tratados.

Não adianta nada tratar a causa do problema e continuar com hábitos alimentares ruins, pois por mais que o paciente deixe de apresentar incômodos, os sintomas irão retornar. Porém é raro encontrar um médico ético, honesto, e que fale para o paciente mudar seus hábitos alimentares, pois assim terá um paciente saudável, ou melhor, o paciente muitas vezes será curado e não irá mais precisar do médico, deixando de gerar lucro.


Tratamento natural

Caso esteja interessado em se curar utilizando um tratamento 100% natural, sem ter que tomar nenhum tipo de remédio, clique aqui.


Fontes:

– https://www.youtube.com/watch?v=PF2Nnw5w02U
– https://youtu.be/ta1Wu2MGa7I
-http://www.eldiariomontanes.es/20131212/local/cantabria-general/consumo-omeprazol-durante-anos-201312121013.html?fb_action_ids=684794898231278&fb_action_types=og.recommends
– http://www.locus.ufv.br/handle/123456789/5064