O Endereçador dos Correios é uma aplicação que agiliza e automatiza a criação de etiquetas para envio pelos Correios. Essa aplicação foi desenvolvida em Java com intuito de ser multiplataforma, ou seja, funcionar em sistemas que suportam a tecnologia Java. Apesar de não ser uma boa forma para desenvolver aplicações, felizmente o java roda nos mais variados sistema conhecido, dentre eles o Linux.

PROBLEMAS QUE OS USUÁRIOS IRÃO ENFRENTAR

Baixei a versão para Linux, que é um arquivo compactado contendo todos os arquivos para execução e funcionamento da aplicação. De imediato, nota-se que a versão para Linux foi feita com descaso.

Quem não possui um certo conhecimento em Linux certamente não conseguirá sequer executar a aplicação, pois, alguns sistemas Linux não executam arquivo.sh diretamente pela interface gráfica, portanto será necessário executar da seguinte maneira:

./Enderecador.sh

ou

bash Enderecador.sh

Caso o java não esteja instalado irá aparecer apenas uma mensagem de erro: “M�quina virtual n�o encontrada. Por favor instale uma ou configure corretamente o PATH.” Colei na íntegra a mensagem de erro contida dentro do script que executa o arquivo Enderecador.jar, que é a própria aplicação. Provavelmente fizeram essa aplicação no Windows, pois a maioria dos sistemas Linux usa, por padrão, codificação UTF-8, e essas interrogações que aparecem dentro de um losango preto significa que o arquivo está codificado em iso-8859-1, como pode ser visto aqui: “Enderecador.sh: text/x-shellscript; charset=iso-8859-1

Até esse ponto o usuário será obrigado a saber o que é uma máquina virtual, que nesse caso é o Java, mas não é especificado no arquivo de erro caso ele não esteja instalado, e como utilizar o terminal de comandos para executar a aplicação em si.

Caso o usuário seja um pouco experiente e consiga executar a aplicação, ele terá que enfrentar mais dois problemas, um menos grave e um bem grave. O primeiro é que não existe ícone para aplicação, então ficará um “espaço vazio” aonde deveria ter um ícone na bandeja do sistema. A mais grave é que a codificação está forçada para iso-8859-1, ou seja, o que não é padrão em 99% das distribuições Linux.

Abaixo uma imagem de como fica a codificação no Endereçador quando busca pelo CEP:

SOLUÇÃO DO PROBLEMA

Eu já possuo mais de 20 anos de experiencia em Linux, portanto resolvi esses problemas de forma simples e segui utilizando a aplicação de forma rotineira, até que lançaram uma nova versão, e eis que fui baixá-la. A versão que estava sendo baixada era sempre a 2.3.1, que era a mesma que eu estava utilizando, além disso, no site dizia ser a versão 2.4.2. Essa mensagem de nova versão sempre aparecia quando eu acrescentava um novo endereço de destino, após buscar pelo CEP.

Resolvi entrar em contato com os correios para avisar que a versão para Linux era antiga e pedi para corrigir o problema. Me pediram para aguardar cinco dias úteis, como de praxe. Aguardei o tempo e recebi um e-mail dizendo que iriam verificar o problema. Como sempre a repartição pública anda a passos de tartaruga em câmera lenta.

Resolvi fazer algo, pedi a um amigo que tem Windows para baixar, instalar a versão e compactar os arquivos da instalação e me enviar. Depois gastei cerca de 10 minutos para organizar tudo e colocar em um pacote DEB – que pode ser utilizado em qualquer distribuição derivada do Debian –. Quem criou o DEB foi um amigo, Bruno Gonçalves, do BigLinux, pois minha distribuição, Manjaro, utiliza outro gerenciamento de pacotes. Também criei um pacote para Arch Linux e derivados – agradeço ao @tioguda do Manjariando pelas dicas de empacotamento para o Manjaro. Além disso, esses pacotes já verificam se existe o java instalado na máquina, portanto, caso seja necessário já baixa e instala automaticamente. Também cria um ícone referente à aplicação e corrige o problema da codificação – agradecimento ao Bruno por incluir essa correção dentro do pacote DEB, o que acabei replicando no pacote para Arch Linux e derivados.

Segue uma imagem do Endereçador empacotado já com a correção da codificação:

Certamente, esses pacotes podem ser instalados por qualquer pessoa que possua a capacidade de dar dois cliques em cima de um arquivo.

Finalmente, quem tiver interesse poderá baixar os pacotes para o Endereçador dos Correios nas seguintes versões:

Debian e derivados: enderecador_2.4.2-1tales2_all.deb
Arch Linux e derivados: enderecador-2.4.2-1-any.pkg.tar.xz
Disponibilizada pelos correios: Enderecador.tar.gz

O CONTATO COM SUPORTE DO ENDEREÇADOR

Respondi o e-mail do suporte dos Correios dizendo o que tinha feito e enviei os arquivos para que eles pudessem disponibilizar para download ou modificar, se assim desejarem.

Passado alguns dias os correios responderam que já teriam disponibilizado a versão correta para Linux e que não havia interesse nos pacotes. As mensagens trocadas nos e-mails podem ser conferidas: